Artilharia

MarechaEmílio Luís Malletl Emílio Luiz Mallet – Patrono da Artilharia

O Marechal Emílio Luiz Mallet – Barão do Itapevi foi consagrado, por Dec. 51424 de 13 mar 1962, patrono da Arma de Artilharia, em cujo seio se forjou e se firmou com o honroso título de Artilheiro Símbolo do Brasil.

Mallet nasceu em Dunquerque – França, em 10 junho 1801, e faleceu no Rio de Janeiro, em 2 janeiro 1866, depois de 68 anos de devotamento à construção de sua nova pátria, na paz e na guerra. Seus restos mortais repousam no mausoléu erguido em Santa Maria – RS, junto ao 3º Grupo de Artilharia de Campanha, o REGIMENTO MALLET.

Como tenente, no comando de duas peças de Artilharia, Mallet teve atuação marcante na batalha de Passo do Rosário, de 20 fevereiro 1827. Na guerra contra Oribe e Rosas (1851-52), como capitão, fez toda a campanha contra Oribe no comando do 1º Regimento, então tracionado por bois. Data, de então, a tradição da unidade chamar-se “Boi-de-botas”, em razão dos bois que, de tanto atravessarem lodaçais, no inverno, davam a impressão de estarem calçando botas.

Mallet teve como ponto culminante e mais glorioso de sua carreira à frente do 1º Regimento de Artilharia a Cavalo, o atual Regimento Mallet, na batalha de Tuiuti, em 24 maio 1866. Ali, com seu regimento na vanguarda e em posição, atrás de um fosso escavado com auxílio inclusive do Batalhão de Engenheiros e manobrando com rara habilidade e competência sua “Artilharia-Revólver”, cumpriu sua determinação assim expressa no calor da luta: “Por aqui eles não passam”. Foi o primeiro a suportar e a repelir as massas inimigas que, a todo o custo, pretendiam romper a posição aliada. Isto lhe valeu promoção a coronel por bravura.

Mallet sublimou as Virtudes Militares de bravura, coragem, devotamento e abnegação, como oficial do Exército, em todas as guerras externas do Império do Brasil: Guerra da Cisplatina (1825-28); Guerra contra Oribe e Rosas (1851-52); Guerra contra Aguirre (1864); e Guerra da Tríplice Aliança contra o Paraguai (1865-70).

FORMANDOS DA ARTILHARIA  Patrono - Marechal Emílio Luiz Mallet

Nr Ord NOME
01 ALBERTO F. MARQUES
02 ALDO R. PFEIFER
03 ALMIR S. DE ÁVILA
04  ALOISIO DIAS PERANTONI
05  ARI B. COELHO
06  ARILDO  K.  HANNIG
07 CARLOS ALBERTO B. RIBEIRO
08 CELSO B. FEITOSA
09 CLAUDINEI TERRA BRANDÃO
10 DORIVAL MAGDALENO DUTRA
11 EDENIR F. DA SILVA
12 EDSON BRAIDA
13 ENIO V. REIS
14 FELIPE R.TREVISAN
15 FLÁVIO L PICCOLO
16 FRANCISCO C. O. BATISTA
17 GESSIVALDO R. G. DE
18 HENRIQUE COSTA NETO
19 HENRIQUE  J.  NUNES PEREIRA
20 ISMAEL DOS R. PIRES
21 IVO LOPES FERNANDES
22 JOÃO ANTONIO DA SILVA
23 JOÃO PEGORARO DOS SANTOS  In Memórian
24 JORGE A. M. LEAL
25 JORGE DA SILVA PINTO
26 JOSE A. DOTTO
27 JOSE ALBINO DA S. FILHO
28 JOSE GERALDO DE OLIVEIRA
29 JOSE MARIA RODRIGUES
30 JOSE UBIRAJARA MARTINS
31 JURACI MARTINS DA SILVA
32 LUIZ C. AZEVEDO
33 LUIZ C. M. MARTINS
34 LUIZ E. ARAÚJO LIMA
35 LUIZ GONZAGA M. FARIAS
36 LUSLAN DE OLIVEIRA
37 MANOEL BEZERRA DUTRA
38 MANOEL NASCIMENTO LOPES
39 MARIO GEROTTO
40 MARIO R. CORSETTI
41 NERIVAL V. VILELA
42 PAULO CESAR ALVES GUEDES
43 PAULO J. COSTA DAVID
44 PAULO ROBERTO HAMMARSTRON
45 PAULO ROBERTO PILLAR
46 PEDRO DE ALCANTARA G. RAMOS
47 PEDRO WILSON MOREIRA
48 PERCILIANO TERRA DA SILVA
49 SEBASTIÃO R.ROMUALDO
50 SERGIO A. DOMINGUES
51 SOLANO A. SILVEIRA DE OLIVEIRA
52 TARCISO L. DE SOUSA
53 WALDEMIR A. ASSAD
54 WALDO J. VICENTE
55 WALTER NUNES VIANNA
56 WOLMAR DE M. APPEL  In Memórian

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *